Mais de 700 mil preservativos serão distribuídos no carnaval em MS



- teste

Foliões que aproveitarem o carnaval poderão retirar preservativos nas unidades de saúde de cada município. Segundo a Secretaria de Estado de Saúde (SES), haverá o reforço na distribuição do produto por meio do Programa Estadual de DST/Aids.

Serão mais 700 mil preservativos que serão distribuídos à população no período de folia, incluindo remessas extras que vão atender a necessidade de cada município. Por ano, cerca de 12 milhões de camisinhas são distribuídas nas unidades de saúde dos 79 municípios do Estado. Preservativos masculinos podem ser retirados em qualquer unidade de saúde, sem restrição de quantidade e sem a necessidade de identificação.

Em Mato Grosso do Sul, nos últimos dois anos (2017 e 2018) foram notificadas 3.415 pessoas vivendo com HIV/Aids; destas 66,68% são do sexo masculino e 33,32% do sexo feminino, caracterizando que o HIV está presente em todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul e representa risco à saúde da população.
A aids é uma doença grave que mobiliza a SES e as Secretarias Municipais de Saúde no sentido da prevenção e assistência à população.

Aids (Síndrome da Imunodeficiência Adquirida) é uma doença crônica, causada pelo vírus HIV, que ataca e danifica o sistema imunológico, interferindo na capacidade do organismo lutar contra outras infecções e doenças.
A transmissão do vírus HIV de uma pessoa para outra se dá principalmente por relações sexuais desprotegidas, ou seja, sem o uso de preservativos.

Foto: Divulgação / SES




Comente







Posts Relacionados