Nascer na fronteira despertou meu ativismo, diz Amber Heard



A atriz norte-americana Amber Heard, uma das estrela do filme de super-herói Aquaman e ativista de direitos humanos junto à Organização das Nações Unidas (ONU), disse nesta segunda-feira que sua infância no Texas, perto da fronteira com o México, ajudou a despertar seu ativismo. saiba mais Amber Heard lê carta sobre Depp no aniversário do #MeToo Amber Heard critica J.K. Rowling por defender Johnny Depp Johnny Depp acusa Amber Heard de agressão Aquaman: Jason Momoa e Amber Heard juntos em nova imagem oficial Amber processa produtor por uso de dublê em cena de sexo Amber Heard fala em Genebra Foto: Pierre Albouy / Reuters Seu pai, um operário de construção, acumulou afilhados do lado mexicano da divisa, e a jovem Amber considerava muitos deles amigos e familiares. Quando voltava para casa na picape do pai, era com “uma impressão indelével na minha alma”, um reconhecimento da injustiça contra as crianças no país vizinho. “Simplesmente por causa de onde nasci, alguns quilômetros ao norte desta linha, eu tinha liberdade para ir e vir como bem entendia”, disse ela a uma plateia na ONU em Genebra nesta segunda-feira. Milhares de outras pessoas arriscariam tudo “por uma simples chance e uma oportunidade de ter aquilo que eu recebi devido a esta sorte acidental do meu nascimento do outro lado. Foi a primeira vez que comecei a experimentar essa sensação”. Agora as redes sociais dão a todos a chance de mudar as coisas, com campanhas como #Metoo, Time’s Up e Black Lives Matter, e Hollywood tem falhado em fazê-lo, apesar da responsabilidade de tomar a dianteira, disse ela. “Existe uma certa ironia na sensação de que Hollywood muitas vezes é vista como uma espécie de bastião de ideais progressistas, mas na verdade é o exato oposto”. “Em alguns dos direitos mais básicos que estamos começando, graças a Deus, a ver como garantidos, em outras disciplinas, em outros negócios, seja inclusão, igualdade salarial, representatividade, diversidade, o que quiserem, ficamos muito para trás”, completou ela. Veja também: Túneis são achados debaixo da fronteira entre EUA e México assistir Túneis são achados debaixo da fronteira entre EUA e México assistir \’As crianças se abraçavam desesperadas\’: o relato de funcionário que se negou a separar irmãos brasileiros em abrigo nos EUA assistir Top News: EUA e México fecham acordo comercial; Canadá fica de fora assistir Gravação mostra sofrimento das crianças separadas da família na fronteira dos EUA   Reuters – Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados. compartilhe comente comentários

Fonte: Terra




Comente







Posts Relacionados