Criadores de Avatar: A Lenda de Aang abandonam projeto live-action da Netflix



Foto: Divulgação/Nickelodeon / Pipoca Moderna A versão live-action de “Avatar: A Lenda de Aang”, anunciada pela Netflix em 2018, perdeu o apoio dos criadores do desenho animado original. saiba mais ‘The Good Doctor’ vai retratar a pandemia de coronavírus Lionsgate confirma continuação de Dirty Dancing com Jennifer Grey Walking Dead: World Beyond ganha novas fotos Crítica: Scooby! O Filme faz fãs perguntarem “Scooby-Doo, cadê você” Em carta aberta para os fãs, o cocriador Michael Dante DiMartino afirmou que a saída dele e do colega Bryan Konietzko da produção se deu por conflitos criativos com a equipe burocrática envolvida na adaptação de streaming. “Quando Bryan e eu assinamos contrato para fazer o projeto, em 2018, éramos produtores executivos e showrunners. Em um comunicado conjunto, a Netflix disse que estava comprometida a honrar a nossa visão para este remake da nossa história e a apoiar a nossa criatividade. Nós dois expressamos como estávamos animados com essa oportunidade de estar no comando. Infelizmente, as coisas não aconteceram como gostaríamos”, escreveu DiMartino em texto publicado em seu site oficial. Ele acrescentou que estava acostumado com imprevistos e mudanças de plano em meio a produções, e que costuma ser maleável. “No entanto, todo mundo tem um limite, e precisamos saber quando seguir em frente”, apontou. “E quem sabe A adaptação live-action de ‘Avatar’ na Netflix pode ter o potencial de ser boa. Pode ser que muitos de vocês gostem dessa série. Mas o que eu posso dizer com certeza é que, não importa qual versão acabe indo parar nas telas, não vai ser a versão que eu Bryan tínhamos visualizado”, completou. A nova série é uma parceria da Netflix com a Nickelodeon, que detém os direitos do personagem, e será a segunda tentativa de transformar “Avatar: A Lenda de Aang” numa produção live-action. Em 2010, M. Night Shyamalan dirigiu “O Último Mestre do Ar”, que foi destruído pela crítica e não empolgou o público, encerrando os planos da Paramount para lançar uma franquia cinematográfica. Já a série original fez enorme sucesso, além de ter vencido um Emmy e vários prêmios prestigiados, como o Annie, o Genesis e o Peabody Awards ao longo de suas três temporadas exibidas no canal pago infantil Nickeledeon, de fevereiro de 2005 a julho de 2008. Inspirada por animes japoneses, a trama de “Avatar: A Lenda de Aang” gira em torno das aventuras do protagonista Aang e seus amigos, que juntos precisam derrotar o Senhor do Fogo Ozai e pôr fim à guerra contra a Nação do Fogo para salvar o mundo. Após o fim da série, a saga continuou numa atração derivada, “A Lenda de Korra”, também criada por DiMartino e Konietzko, que teve quatro temporadas exibidas entre 2012 e 2014.Veja também: Ex chora ao lembrar relação com Depp: “Detalhes traumáticos” assistir Ex chora ao lembrar relação com Depp: “Detalhes traumáticos” 0 comentários

Fonte: Terra




Comente







Posts Relacionados