O ator James Franco entrou em acordo com as autoras de um processo judicial de 2019, que alegavam abuso sexual na escola de atuação que ele fundou. saiba mais Atrizes acusam James Franco de exploração sexual em testes Busy Phillips revela ter sido agredida e sofrido bullying de James Franco durante as gravações de Freaks and Geeks The Deuce: Maggie Gyllenhaal e James Franco retornam no trailer da segunda temporada James Franco pode dirigir filme sobre a criação do canal esportivo ESPN ‘The Deuce’: James Franco segue normalmente na 2ª temporada James Franco faz acordo para retirada de processo de abuso Foto: Divulgação/Comedy Central / Pipoca Moderna De acordo com comunicado, duas das ex-alunas de Franco em sua extinta escola Studio 4, Sarah Tither-Kaplan e Toni Gaal, concordaram em retirar suas queixas individuais, bem como alegações de exploração sexual e alegações de fraude. Não houve revelação sobre pagamento envolvido no acordo para a retirada do processo. Agora, a decisão será submetida à aprovação do tribunal preliminar até 15 de março. De acordo com a ação, Franco teria supostamente forçado suas alunas a realizar cenas de nudez e sexo diante das câmeras no que elas descreveram como um “cenário de orgia” durante uma aula. Tither-Kaplan e Gaal também alegaram que Franco levou os alunos a acreditar que ele daria papéis em seus filmes para aqueles que se sujeitassem a participar da “aula”. Os advogados de Franco chamaram as acusações de “falsas e inflamadas, legalmente sem base e movidas como uma ação coletiva com o objetivo óbvio de obter o máximo de publicidade possível para os Requerentes sedentos de atenção”. Tither-Kaplan alegou pela primeira vez as alegações de má conduta sexual contra Franco no início de 2018, depois que ele venceu um Globo de Ouro por seu papel em O Artista do Disastre. Ela também foi uma das cinco mulheres que apresentaram acusações contra Franco em um artigo publicado em janeiro de 2018 no Los Angeles Times. Na época, até a atriz Ally Sheedy, estrela do clássico adolescente Clube dos Cinco (1985), manifestou-se com tuítes sobre supostos abusos de Franco, mas os apagou e não quis comentar mais sobre o assunto. “James Franco acaba de ganhar. Por favor, nunca me perguntem por que eu deixei a indústria de cinema/TV”, ela escreveu, enigmaticamente, acrescentando: “Por o James Franco foi autorizado a entrar Já falei demais. Boa noite, amo vocês”. Graças à repercussão das denúncias, o ator acabou ficando fora do Oscar, mesmo sendo considerado forte candidato pelo desempenho em O Artista do Disastre. Desde que o surgimento das acusações, James Franco só apareceu na série The Deuce, que já estrelava quando o escândalo veio à tona. Com o fim da série em 2019, ele vem se mantendo fora dos holofotes. Veja também: Evan Rachel Wood acusa Marilyn Manson de abuso assistir Evan Rachel Wood acusa Marilyn Manson de abuso assistir Carla Perez é a rainha do Insta e podemos provar! assistir Qual foi a reação da família real após a 4ª temporada de The Crown assistir Quem são os brasileiros mais influentes do Tiktok   Pipoca Moderna 0 comentários

Fonte: Terra




Comente







Posts Relacionados