PMA, Decon, Procon e Vigilância Sanitária realizam operação e apreendem 193 kg de pescado



Campo Grande (MS) Polícia Militar Ambiental (PMA) de Campo Grande, Delegacia de Polícia Civil do Consumidor (Decon), Procon e a Vigilância Sanitária da Capital realizaram nesta sexta-feira (17) fiscalização nas peixarias e outros estabelecimentos que comercializem pescado. Cada órgão verificou questões da área de atuação e todos em defesa do interesse da população, que é adquirir o produto sanitariamente adequado e dentro das especificações técnicas. Foram fiscalizadas duas peixarias, uma no Jardim Colibri e outra no bairro Parati, além de um supermercado de uma grande rede na Avenida Afonso Pena, sendo fiscalizados 3.200 kg de pescado. Na parte relativa às normas ambientais a PMA não encontrou irregularidades, porém, nas duas peixarias foram encontrados problemas sanitários, bem como de defesa do consumidor, com autuações pelo Procon, Decon e vigilância sanitária. Em uma peixaria, 107 kg de pescado foram apreendidos pelo Procon e Decô por não haver preços e por falta de especificação do produto nas embalagens. Esse pescado também foi apreendido pela Vigilância Sanitária por problemas de armazenamento e embalagem. Pelo mesmo motivo, 86 kg de pescado foram apreendidos em outra peixaria visitada durante a operação. Para a PMA, a fiscalização nos estabelecimentos que trabalham com pescado, não só peixarias, mas também supermercados, restaurantes e outros, objetiva principalmente a prestigiar quem trabalha legalmente e punir os ilegais, que acabam promovendo a pesca predatória ao adquirirem pescado dessa atividade criminosa e, ainda, constituindo uma concorrência desleal com quem trabalha dentro da lei.   Assessoria de Comunicação da PMA

Fonte: Governo do Estado do MS




Comente







Posts Relacionados