Festival América do Sul Pantanal acontece de 14 a 17 de novembro em Corumbá



O Festival América do Sul Pantanal 2019 (FASP) acontece entre os dias 14 e 17 de novembro em Corumbá. A confirmação foi feita por meio da  presidente da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul (FCMS), Mara Caseiro, que comandou audiência pública para ouvir sugestões da população e classe artística do município e da cidade vizinha, Ladário.

“É importante discutirmos com a comunidade para sabermos o que as pessoas almejam para o Festival. É fundamental o envolvimento da sociedade, dos artistas locais para termos um evento que contemple todos os segmentos culturais, que seja plural e bastante democrático”, afirmou.

Um dos principais pedidos é a participação massiva da classe artística de Corumbá e Ladário no FASP 2019, além da contratação de mão de obra local para as atividades de produção e execução de atividades durante o evento.

Também foi solicitada a manutenção do concurso ‘Soy Loco Por Ti América’, com a participação de estudantes das escolas públicas e privadas da região, a reedição de evento gastronômico com possível inclusão da Cozinha Show (a exemplo do que já aconteceu no Festival de Inverno de Bonito), além do envolvimento de instituições que trabalham com políticas afirmativas nos segmentos LGBT e negro, incluindo as religiões de matriz africana.

“A classe artística nos pediu ainda a inserção da periferia e arte de rua na programação, divulgação de ações de combate à violência contra a mulher e iniciativas que incentivem a preservação e conservação dos recursos naturais, além de um destaque especial para os grupos carnavalescos e para a identidade fronteiriça da região. Nossos técnicos vão avaliar as sugestões e vamos atender o que for possível”, detalhou Mara Caseiro.

Ela foi a Corumbá acompanhada de uma equipe da Fundação de Cultura, que realizou visitas técnicas aos locais onde possivelmente ocorrerão as apresentações e espetáculos. Mara Caseiro também se reuniu com o prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, o presidente da Fundação de Cultura de Corumbá, Joilson Cruz, e o secretário de Governo, Cássio Augusto da Costa Marques, para discutir detalhes e projeções sobre o evento. Aproveitou ainda sua passagem pelo município para participar de encontros com empresários em busca de recursos, incluindo diretores da companhia VALE.

 




Comente







Posts Relacionados