Estudos para revitalização da Casa do Pantanal são iniciados pela Sanesul



Após o anúncio da reabertura da Casa do Pantanal, localizada no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande, a Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul (Sanesul) iniciou os estudos para a elaboração do projeto de reforma do local, que tem previsão de conclusão já para o próximo mês de outubro.

O espaço hoje está fechado e segundo a empresa, será totalmente reformado e sofrerá uma grande readequação para que o público possa visitar a Casa do Pantanal. Segundo informações divulgadas, lá serão promovidas atividades ambientais, culturais e também ações educativas relacionadas à importância do saneamento básico.

O termo de cessão da Casa do Pantanal foi assinado no último dia 23 de maio pelo governador do Estado, Reinaldo Azambuja, o presidente da Sanesul, Walter Carneiro Junior, e o titular da Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar), Jaime Verruck.

Durante o evento, foi firmada parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura, para a realização de obras de revitalização do Parque das Nações Indígenas. O Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) fará repasse de recursos e a Prefeitura ficará encarregada pela execução da obra.

A Casa do Pantanal foi construída em 2005 e entregue em 2006. O Governo do Estado cedeu a área para a construção e a obra, na época, teve investimentos de R$ 600 mil por parte do Programa Turismo Brasil, do Ministério do Turismo e contou com contrapartida financeira da Fundação Manoel de Barros, que acabou devolvendo o imóvel ao Imasul em 2015.

Foto: Divulgação




Comente







Posts Relacionados