Após reforma, EMEI Santa Fé inicia aulas nesta segunda-feira



Campo Grande, 10/06/2019 às 15:59 Tiveram início nesta segunda-feira (10), as aulas na EMEI (Escola Municipal de Educação Infantil), no bairro  Santa Fé. O prédio foi alugado pela  Semed (Secretaria Municipal de Educação), que realizou uma readequação do espaço, além da pintura na área externa e interna.O prédio conta com nove salas, cozinha, refeitório, despensa, lavanderia, sete banheiros, incluindo um  banheiro adaptado, sala de professores, coordenação, direção e administrativo. Na área externa, os alunos contam com dois parquinhos, além de solários que promovem a interação entre os alunos e um espaço para atividades de artes.A EMEI conta com 150 alunos matriculados, distribuídos em sete turmas do grupo 1 ao 3, que compreende a faixa etária de quatro meses a três anos. A unidade tem capacidade para 250 crianças.De acordo com a gerente de Educação Infantil da Reme (Rede Municipal de Ensino), Nídia de Moura, há perspectiva de implantar, ainda este ano, mais duas turmas. As salas já estão prontas. Vai depender da demanda que a equipe da matrícula vai nos passar para decidirmos quais grupos iremos abrir, explicou.Para a dona de casa Eliane Guimarães Rodrigues, que chegou de cidade Amambai há poucos dias, a oportunidade de ter mais uma EMEI próxima à região central, vai facilitar a vida dos pais que trabalham nas proximidades.Apesar de não trabalhar todos os dias, ela contou que estava pagando uma escola particular para o filho João Mateus, de três anos. Eu trabalho em regime de escala, mas meu marido trabalha todos os dias e a economia que vamos fazer será muito importante. Gostei muito do espaço, tudo arejado e a gente vê o cuidado dos funcionários, afirmou.O diretor da EMEI, José Carlos Monteiro, que tem experiências como coordenador e professor, disse que quer trabalhar em parceria com a comunidade escolar. É preciso ter uma relação de confiança entre a direção e os pais, por isso os portões estão abertos, principalmente nessa semana de adaptação para que eles conheçam todos os espaços e fiquem um tempo com o filho. Isso dá um acalento ao coração dos pais, ressaltou.

Fonte: Capital MS




Comente







Posts Relacionados